Falar sobre criptomoedas no contexto atual demonstra a adesão de um posicionamento bastante moderno e liberal.

Frequentemente, esse tipo de investimento é citado como perigoso e um fator estimulante para a realização de atividades como lavagem de dinheiro e financiamento de iniciativas terroristas, devido ao anonimato das transações característico da criptografia utilizada.

Desse modo, recebem bastante destaque aqueles países que optam por votos de confiança e investimentos em criptomoedas, principalmente quando o governo, além de estimular as startups do setor em território nacional, busca o desenvolvimento de seus próprios projetos.

Esse é o caso do governo iraniano, que anunciou na última quarta-feira, 25 de julho de 2018, que seguirá com a implementação de seu projeto de criptomoeda criada pelo Estado.

O principal intuito é permitir que essa criptomoeda possa ser amplamente utilizada pela população como algo comum, mas que facilitaria procedimentos um pouco mais burocráticos como transferências internacionais de valores.

O maior dos benefícios é que, por ser inteiramente elaborada pelo governo, poderá ser por ele sancionada, de modo que isso venha a evitar os problemas de segurança pública citados com certa frequência.

Basicamente, o projeto está sendo desenvolvido por grandes empresas iranianas de tecnologia, que tem atuado sob o planejamento do governo e em conjunto com o Banco Central do Irã.

O conjunto de medidas da nova criptomoeda nacional inclui também a associação da tecnologia blockchain ao sistema que será utilizado buscando, além de estimular o setor, traçar uma ampla perspectiva para efetivar sua expansão.

Além disso, vale lembrar que essa é uma alternativa que busca driblar a interferência do governo estadunidense nas políticas do país. O projeto se mostra bastante necessário a partir do momento em que o mandato de Donald Trump passou a exercer elevada pressão no que diz respeito ao regime político e econômico do Irã.

Deixe um comentário

COMPRE BITCOIN COM REALAmefuri Blog -